PHP para iniciantes: conheça a história e escreva seu primeiro código

O PHP é uma linguagem de programação open source. É o acrônimo de Hypertext Preprocessor (Pré-Processador de Hipertexto).

PHP para Iniciantes

Sua característica mais importante é a sua capacidade de interagir com o HTML e criar páginas dinâmicas e cheias de recursos.

Nesse post você vai conhecer um pouco da história do PHP, quem foi o seu criador, para que ela serve e ainda vai desenvolver o seu primeiro código.

Acompanhe:

Por que PHP?

Você já ouviu falar de Cliente e Servidor?

Bem, se não, vou explicar de maneira bem resumida. Existem dois lados na internet: o cliente e o servidor.

Isto é, o lado do cliente requisita informações e recursos e é o seu navegador (browser).

Com isso, o lado do servidor é o que envia os recursos que o cliente requisitou. É uma outra máquina processando dados.

Portanto, o PHP é uma linguagem que trabalha do lado do servidor, interpretando requisições e scripts.

Dessa forma, as informações que você digita em um formulário em uma página de cadastro, por exemplo, são interpretadas pelo PHP e enviadas pelo servidor até o banco de dados.

Por isso, o PHP tem a capacidade de tornar as páginas mais dinâmicas, estáveis e interativas para o usuário.

 

Leia Mais

Banco de dados: você sabe o que é e para que é usado?

Qual a diferença entre GIT e GITHUB: entenda o que são e quando usá-los

História do HTML: o que é, como surgiu e quais são suas versões

 

Breve História do PHP

O PHP foi criado em 1994 por Rasmus Lerdorf. Destaca-se que seu objetivo era substituir um conjunto de scripts que ele utilizava em sua página pessoal, a Personal Home Page Tools.

Entretanto, seu código-fonte foi liberado apenas no ano seguinte, em 1995. Hoje o PHP é mantido pela organização The PHP Group e já ganhou algumas versões de melhoria.

Em resumo, o PHP é uma linguagem open source e totalmente gratuita.

 

 

Como Instalar o PHP

Antes de mais nada, existem duas formas de se instalar o PHP.

A primeira é baixá-lo manualmente no site oficial, configurar um servidor web em sua máquina e instalar um gerenciador de banco de dados.

Além disso, a segunda, a mais simples, é baixar um software que gere todos esses recursos sem que você precise baixar, instalar e configurar cada um separadamente.

Como se pode ver, é esta a opção que vamos escolher aqui.

Há alguns programas específicos como o XAMPP e o LARAGON, que instalam um pacote de recursos para você desenvolver em PHP.

Resumidamente, a diferença entre os dois é que o Laragon é mais fluído e possui mais funcionalidades. Falaremos sobre o Laragon em outro post.

Em seguida, escolha uma das opções e instale em sua máquina. O processo é simples e intuitivo.

O próprio Laragon vai configurar o servidor web, instalar o PHP e demais recursos, como o banco de dados MySql.

Começando

Para começar a desenvolver os seus códigos, você vai precisar de um editor.

Assim, vamos usar o Visual Studio Code porque ele é um dos melhores editores da atualidade.

Por isso, antes de começarmos, procure a pasta do Laragon em sua máquina.

Geralmente ela fica no disco local C.

PHP para iniciantes

Ao abri-la, você vai encontrar a pasta ‘www’. Dentro dela você vai criar uma nova pasta com o nome que você quiser. Logo, ela vai ser o seu diretório do projeto web.

PHP para iniciantes

php

Na sequência criei a pasta como Curso PHP. Agora vamos adicioná-la ao VS Code.

php visual studio code

Pronto! Com isso já podemos criar nossos primeiros arquivos.

Primeiro Código

php

Sobre a pasta que você adicionou, clique com o botão direito e encontre a opção acima ‘New File’. Em seguida nomeie a página como ‘index.php’ e pronto.

Escreva o código abaixo:

Você pode ignorar as tags <meta>. O editor autocompleta o código HTML com essas informações.

Então concentre-se no que está escrito dentro da tag <body>.

Evidentemente o código PHP está dentro de <? ?>. Desta forma, o interpretador do PHP lê apenas o que está dentro dessas tags e ignora o HTML.

Depois de iniciar o Laragon, digite ‘localhost’ em seu navegador:

Certamente, no localhost deve aparecer todas as pastas e arquivos que você possui dentro daquela pasta ‘www’ do Laragon.

Caso abra em uma outra página, procure por algum arquivo ‘index.php’ fora da pasta que você criou. Logo se você não quer excluir, basta digitar ‘localhost/nome_do_projeto’.

Portanto, se tudo ocorreu bem no seu código, deve aparecer esta tela com as informações do PHP instalado em sua máquina.

Sintaxe Básica PHP

Como você já viu, o código PHP deve ser inserido dentro das seguintes tags:

<?php

[código...]

?>

Quando você estiver editando um arquivo em que não haverá códigos HTML, não é preciso fechar a tag:

<?php

[código...]

 

Perceba que trocamos o código anterior dentro do <body>. Ao fazer isso, dizemos à linguagem para que ela exiba na tela através da palavra reservada ‘echo’, a frase ‘Aprendendo PHP’.

Por último, ao atualizar a página, temos:

Além disso, para delimitar comandos diferentes dentro do bloco de código, você vai usar o ‘; – ponto e vírgula’.

 

Se você está confuso com o código, tenha calma. Tudo será explicado ao longo dos posts. Basta que você pratique e acompanhe.

Como se pode ver, esse código vai te mostrar o dia, mês, ano e hora.  Por isso, ao atualizar o navegador, tem que aparecer:

Nesse código você usou a função date(), que retorna a data atual. Nos próximos posts você vai ver com mais detalhes a respeito de métodos e funções.

No próximo tópico você vai aprender como comentar o seu código.

Comentando seu código

Comentar é uma boa prática quando você precisa especificar o autor, do que se trata um bloco de código e demais informações que não podem ser deduzidas facilmente.

Logo, você tem 3 formas de comentar o seu código em PHP, veja só:

  • // – comentário de uma única linha
  • # – comentário de uma única linha
  • /* */ – bloco de comentário

 

 

 

Qual é a sua opinião?