Como a requisição web funciona parte 1: URL e URI

Olá iniciante, quer descobrir como funciona a requisição web? Você já se perguntou como é feita toda essa comunicação entre o você, o navegador e o servidor?

Que tal você conhecer um pouco mais do funcionamento desse relacionamento? Aqui nesse post você vai ver o que acontece quando você insere um endereço na barra de busca e como o navegador faz para encontrá-lo.

Garanto que no fim você não vai mais ver a internet do mesmo jeito.

E no início, dinossauros!

requisição web

Vamos lá, nobre iniciante. Basicamente a requisição a web é isso:

  1. Espera da URL
  2. Redirecionamento
  3. Cache
  4. DNS
  5. TCP
  6. Requisição
  7. Resposta
  8. Processamento
  9. Carregamento da Página

E nesse post vamos falar sobre os dois primeiros: espera da URL e redirecionamento.

Como diz William Molinar, em seu livro, Desconstruindo a Web: as tecnologias por trás da requisição, o navegador pode receber uma requisição para o carregamento de uma página web de várias formas.

Pode ser por um link ou pela escrita do seu endereço, por exemplo. Com um link, você apenas vai clicar e assim será direcionado para o destino.

Já digitando o endereço da página, você participa ativamente do processo de requisição. Quer ver o porquê?

Etapa 01 – digitando o endereço da página

Antes de mais nada temos que entender uma coisa importantíssima. Você sabe o que URI? Porque eu sei que você sabe mais ou menos o que é URL, não é? Então, vamos entender o que estas duas siglas têm em comum.

  • URI – Uniform Resource Identifier.
  • URL – Uniform Resource Locator.

Basicamente a URI é o identificador, ou seja, o destino (página) ao qual você quer ir na internet. É o texto que você digitou na barra de busca do navegador.

 

  • omanualdofreelancer.com

 

Já a URL é mais complexa. Ela tenta localizar o endereço que você digitou e encaminha o destino para os próximos passos da requisição.

A URI precisa da URL por causa do protocolo. É por meio do protocolo que o navegador consegue dar prosseguimento a conexão com o destino do endereço.

 

  • protocolo://omanualdofreelancer.com

 

Quando nós digitamos apenas o endereço do site, automaticamente o navegador atribui o HTTP (Hypertext Transfer Protocol) como protocolo padrão para fazer a conexão.

Contudo, antes disso, o navegador verifica se existe um metadado chamado HTTP Strict Transport Security ou HSTS.

Isto quer dizer que o navegador permite que o site seja exibido de uma forma mais segura, caso tenha o protocolo HTTPS (Hypertext Transfer Protocol Secure).

Desse modo, o navegador sempre dará preferência para acessar um endereço com protocolo HTTPS, caso a página o tenha, pois garante mais segurança à conexão.

Etapa 02 – encaminhando o endereço até a rede

Depois que o navegador tem um endereço válido e um protocolo, ele precisa chegar até onde está a página. Para isso ele tem que requisitar as informações da página diretamente no local em que ela está hospedada (servidor).

Portanto, o navegador cria uma requisição e envia pela rede até o destino do endereço.

requisição web mapa

Ele faz isso por meio de processos internos, que rodam em segundo plano para encontrar o que procura em seu local de origem.

No próximo post vamos continuar a partir do Cache, e de como o navegador continua o processo de requisição.

Concluindo

Toda a requisição começa com a inserção do endereço que você digita ou clica em algum lugar do navegador.

Depois, ele começa o trabalho que é reconhecer se aquele endereço (URI) que você deu é válido e se existe, onde ele está (URL), através do protocolo.

No próximo post vamos continuar o passo a passo da requisição web falando sobre o cache.

Se não quiser perder o post, inscreva-se no blog.

Qual é a sua opinião?